ENTRE AMIGOS

amigos

Para que serve um amigo? Para rachar a gasolina, emprestar a prancha, recomendar um disco, dar carona pra festa, passar cola, caminhar no shopping, segurar a barra. Todas as alternativas estão corretas, porém isso não basta para guardar um amigo do lado esquerdo do peito. 

Milan Kundera, escritor tcheco, escreveu em seu último livro, “A Identidade”, que a amizade é indispensável para o bom funcionamento da memória e para a integridade do próprio eu. Chama os amigos de testemunhas do passado e diz que eles são nosso espelho, que através deles podemos nos olhar. Vai além: diz que toda amizade é uma aliança contra a adversidade, aliança sem a qual o ser humano ficaria desarmado contra seus inimigos. 

Verdade verdadeira. Amigos recentes custam a perceber essa aliança, não valorizam ainda o que está sendo construído. São amizades não testadas pelo tempo, não se sabe se enfrentarão com solidez as tempestades ou se serão varridos numa chuva de verão. Veremos. 

Um amigo não racha apenas a gasolina: racha lembranças, crises de choro, experiências. Racha a culpa, racha segredos. 

Um amigo não empresta apenas a prancha. Empresta o verbo, empresta o ombro, empresta o tempo, empresta o calor e a jaqueta. 

Um amigo não recomenda apenas um disco. Recomenda cautela, recomenda um emprego, recomenda um país. 

Um amigo não dá carona apenas pra festa. Te leva pro mundo dele, e topa conhecer o teu. 

Um amigo não passa apenas cola. Passa contigo um aperto, passa junto o réveillon. 

Um amigo não caminha apenas no shopping. Anda em silêncio na dor, entra contigo em campo, sai do fracasso ao teu lado. 

Um amigo não segura a barra, apenas. Segura a mão, a ausência, segura uma confissão, segura o tranco, o palavrão, segura o elevador. 

Duas dúzias de amigos assim ninguém tem. Se tiver um, amém.

Anúncios

Uma Villa Mágica.

Uma Villa Mágica

Em um lugar, não muito longe daqui, existe um lugar encantado.

Lá sonhos são a coisa mais importante do mundo. Que do pequeno ao gigante, eles devem ser realizados com amor, custe o que custar.

A rotina tem músicas como trilha sonora e até encontramos alguns super-heróis escondidos atrás das suas roupas de humanos normais.

Neste lugar também, o dia é sempre bonito, ensolarado, curioso e surpreendente porque ele está sempre em MOVIMENTO. Arte, música e teatro, acontecem nas nossas vistas, em cada cantinho que se olha.

O que se valoriza neste lugar é a construção do conhecimento, a amizade e fortificação dos mais diversos bons sentimentos e assim a garotada aprende, se diverte e cultiva amigos todo o tempo.

Nesta Villa se tem a mais perfeita consciência de que no mundo, todo mundo é diferente, e é justamente por isso que esse lugar é PARA TODOS.

As crianças que brincam por lá, são diferentes, são felizes! Elas mexem daqui, mexem de lá e acolá. Descobrem certos “segredinhos”. “Futicam”… “Futicam”… e estimulam os adultos a resgatar sonhos que um dia ficaram para trás.

Lá se aprende que é possível RECOMEÇAR, e que podemos ser sempre MAIS E MELHOR!

Vocês estão pensando que eu estou maluca ne? Que este lugar não pode existir, ou que é só um sonho. Mas posso afirmar que: essa VILLA existe sim. Também posso sugerir que: todos devem passar por esse lugar. Porque ele tem o poder de nos transformar em pessoas melhores!

Somos as consequências das nossas escolhas.

agradecimento1Alguns dizem que é assim que amadurecemos. Quando percebemos que a vida não está no trilho que queríamos, que as coisas estão meio bagunçadas, que seus movimentos não foram friamente calculados e, neste instante o banho frio da realidade te pega e gela todos os seus sonhos.

Neste momento, quando tudo parece perdido, se você conseguir parar, olhar, perceber onde está o erro, pode-se ter certeza de que o caminho não está completamente errado. Foi só um erro de percurso, ainda há tempo de salvar seu sonho, mas para sempre você será obrigado a conviver com suas escolhas, certas ou erradas, afinal, somos o as consequências das nossas decisões.

É minha gente, o caminho é árduo, comprido, mas no final, o que justifica tudo é simplesmente ser feliz!

Quebra – Cabeça…

Quebra cabeçaE de repente um novo quebra-cabeça começa a se formar, novas peças vão surgindo e uma nova paisagem começa a ser percebida. Mas, como todo quebra cabeça, algumas partes são mais difíceis de serem montadas, algumas peças são tão iguais, mas não se encaixam onde você quer. Cada peça tem seu lugar, não adianta força-las, se por algum instante o encaixe estiver errado uma hora ela te fará falta e, neste momento será necessário rever o jogo, parar, perceber onde está o erro e recomeçar, desencaixar cada pecinha sem desanimar para que no fim, possa chegar a conclusão de que, o que vale a pena é a sensação de dever cumprido, é ver o desafio montado corretamente e a certeza de que persistência é a chave para tudo na vida…