“Livros cinematográficos”

Livros Cinematográficos

Livros são sempre uma surpresa ao alcance das mãos!

Ler um bom livro é ter o direito de fazer parte de uma maravilhosa história, rir , chorar, se emocionar, torcer pelos desfechos mais surpreendentes, e encantar-se com todas as magias possíveis.

Padre Antônio Vieira tem um dos melhores conceitos para o que é um livro: “Livro é um mudo que fala, um surdo que responde, um cego que guia, um morto que vive”.

Hoje em dia estamos presenciando uma febre da indústria cinematográfica que está investindo pesado em roteiros embasados em livros de grande sucesso.

Listamos alguns:

“O silêncio dos inocentes” – de Thomas Harris;

“Tropa de Elite” – inspirado no Livro “Elite da Tropa” de André Batista e Rodrigo Pimentel;

“Anna e o Rei” – escrito por Margaret Landon em 1944, o livro virou filme em 1946 e 1999;

“O Quatrilho” – de José Clemente Pozenato, indicado ao Oscar como melhor filme estrangeiro de 1995;

“Onde os velhos não tem vez” – de Cormac macCarthy;

“Divã” – de Martha Medeiros;

Livros cinematograficos

“…E o Vento Levou” – filme baseado no livro de Margaret Mitchell:

“Nosso Lar “ – baseado na obra homônima  psicografia pelo médium Chico Xavier, sob a influência do espírito André Luiz;

“A lista de Schindler” – de Thomas keneally;

“O Bem amado” – Baseado na obra de Dias Gomes “O Bem Amado”;

“O exorcista” – de William Peter Blatty;

“O Paciente Inglês” – filme adaptado do livro de Michael Ondaatje;

“O Diário de Bridget Jones” –  Helen Fielding;

“As Crônicas de Nárnia” – Baseado no livro “The Chronicles of Narnia: The Lion, the Witch and the Wardrobe”, de C. S. Lewis;

“Tieta do Agreste” –  filme baseado na obra de Jorge Amado;

“O Colecionador de Ossos” – thriller adaptado de livro homônimo de Jeff Deaver;

“Harry Potter ” – adaptação série de best-sellers de J.K. Rowling;

“O Senhor dos Anéis” – trilogia de J.R.R. Tolkien;

“Comer, Rezar e Amar “ – de Elizabeth Gilbert;

“O Código Da Vinci” – de Dan Brown;

“O Caçador de Pipas” – Khaled Hosseini;

“Alice no País das Maravilhas” – clássico de Lewis Carroll;

“Saga Crepúsculo” – Stephenie Meyer…

Como leitora de carteirinha confesso que na maioria das vezes as Adaptações de livros para o cinema vão desapontar os leitores do original, afinal “imaginação dos outros é terra que ninguém vai” , e com isso as páginas encantadas são mais ricas do que as mais modernas técnica cinematográfica e o leitor não é obrigado a fazer adaptações apertadas para que a história caiba em um tempo certo e com limites de custos.

Eu, particularmente, li boa parte destes livros, e indico todos….

E você??? Qual o seu Livro favorito que encantou o cinema????

Advertisements

3 thoughts on ““Livros cinematográficos”

  1. Ler um bom livro é ter o direito de fazer parte de uma maravilhosa história, rir , chorar, se emocionar, torcer pelos desfechos mais surpreendentes, e encantar-se com todas as magias possíveis.

    CONCORDO PLENAMENTE

    http://cabelobeleza.com

  2. Ler um livro é muito bom, são criadas pela nossa mente diversas imagens, deve ser por isso que nos decepcionamos ao ver um filme de um livro, pois tudo aquilo que imaginamos e julgamos muito interessantes não puderem ser colocados por causa do tempo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s